Notícias Trabalho temporário

Contratação Ágil e Flexível: especialistas debatem sobre o assunto

Webinar: Contratação ágil e flexível
Employer
Escrito por Employer

Contratação Ágil e Flexível: especialistas debatem sobre o assunto

Não são todas as empresas que possuem o mesmo fluxo de trabalho durante todo o ano. Algumas produzem, em apenas alguns meses, 70% de todo o faturamento anual. O maior desafio para essas empresas está na manutenção de sua mão de obra.

Isso porque, como não há um fluxo constante de trabalho, não há necessidade de se manter o mesmo número de colaboradores dos meses de alta produção durante os demais períodos de baixa produtividade.

Por isso, deve-se haver um equilíbrio entre colaboradores fixos (aqueles que exercem suas atividades na empresa durante todo o ano), e os temporários – modelo de contratação por um curto período, que visa atender demandas sazonais.

Este segundo tipo de contratação é mais flexível para a empresa, porém deve ser feita de forma ágil para encontrar os profissionais certos no tempo estimado. E para discutir sobre a complexidade deste tema, a Employer trouxe três especialistas para debater sobre o assunto. 

  • Antonio Cesar Marini – Gerente de Recursos Humanos da Coamo (a maior cooperativa da América Latina);
  • Airton Paliares – Diretor de Operações da Froneri (divisão de sorvetes da Nestlè, segunda maior produtora de sorvetes do mundo e a maior produtora de alimentos) e;
  • Marcos Aurélio de Borges – Gerente Regional Employer.

Este artigo contém os assuntos abordados neste debate, mas caso você queira vê-lo na íntegra, basta acessar o vídeo em nosso canal do YouTube.

Oscilações nas demandas exigem contratações estratégicas

Coamo e Froneri são empresas distintas, porém com algo em comum: alta sazonalidade. A oscilação de produtividade durante o ano chega a ser impressionante. As vendas de sorvetes da Froneri em um mês do inverno, por exemplo, não alcançam os resultados das vendas feitas em um dia no verão.

Os palestrantes trazem então o contrato de trabalho temporário como a melhor opção para empresas com altas oscilações de demanda. Por meio desta modalidade de contratação, o trabalhador atende aquele momento da empresa, de aumento de produção, sem prejudicar o fluxo de caixa.

“Nós, agências credenciadas pelo Governo, legalizadas, nos colocamos à disposição e trazemos essa flexibilidade sem tolher nenhum direito do trabalhador temporário. Tem todos os direitos garantidos na Lei: salário, 13º, férias, garantia, recolhimento do INSS. É um trabalhador que está amparado por toda a Lei do Brasil, mas com a diferença de ser esse contrato flexível, que ajuda muito as empresas”, complementa Borges.

A importância do temporário para a produtividade 

Os palestrantes ressaltam que os mesmos esforços e cuidados das contratações fixas são aplicados também na contratação temporária, porém, há o benefício de que a agência de trabalho temporário faz todo o processo administrativo, desde o recrutamento até o término do contrato.

Airton, da Froneri, traz a importância e os benefícios do bom alinhamento entre a agência e a empresa para que o processo de contratação dos trabalhadores temporários seja ágil e eficiente:

“É preciso passar um briefing muito claro para que a agência possa trazer os colaboradores certos para as necessidades do momento. Toda essa parte de planejamento, preparação, entendimento do que é necessário, a parceira entre quem está requerendo e quem está contratando é fundamental para mitigar isso [os erros] e trazer disso [a contratação] algo muito positivo.”

“Aqui nós contratamos o temporário com a mesma preocupação que nós contratamos o efetivo”, complementa Marini.

A contratação em larga escala também é fundamental para as empresas atenderem as oscilações do mercado. Sobre esse tema, Marini pontua que durante 2020 eles tiveram mais de seis mil temporários distribuídos em 11 localidades, a eficiência e o comprometimento da agência de trabalho temporário, no caso a Employer, foram fundamentais para a colocação desse volume de trabalhadores temporários.

Trabalho temporário como fonte de talentos 

Em um momento muito emocionante da conversa, os palestrantes pedem licença para desviar um pouco do tema e conversarem sobre como o trabalho temporário trouxe talentos para seus times.

“O bom disso é que muitas vezes essas pessoas acabam sendo efetivadas. Nós temos histórias lindas aí, de pessoas que começaram com temporário e hoje estão nas lideranças das empresas”, introduz Borges.

“Nós temos várias experiências nesse sentido de aproveitamento do temporário. […] Então nós temos hoje Gerentes de Entreposto, que é onde o cooperado entrega o produto lá na ponta, é onde está o temporário – e que já foi temporário! Não é nem um, nem dois, são vários Gerentes de Entreposto que iniciaram há 20 anos atrás como temporários, ajudando na safra, recebendo produto, depois trabalhou nas máquinas e alguém, um outro gerente, um outro responsável direto pelos temporários, enxergou nele um potencial, trouxe ele para a Coamo, ele iniciou, foi crescendo e hoje é Gerente de Entreposto”, complementa Marini.

Agilidades nas contratações

Muitas vezes, as contratações de trabalho temporário são realizadas conforme o planejamento do ano. Entretanto, às vezes a demanda da empresa surpreende a todos, sendo necessária uma rápida busca por profissionais qualificados no mercado para suprir a demanda e continuar com a produtividade a todo vapor.

“A qualquer momento, mesmo fora do planejamento, é preciso que a empresa tenha essa agilidade para atender a essa nossa demanda”, reforça Marini.

De acordo com Airton, “para ter agilidade, três pontos são relevantes. O primeiro é o planejamento. […] Segundo eu acho que é a parceria. […] E terceiro é o alinhamento [entre empresa e agência de trabalhado temporário”.

Ao tocar no assunto de alinhamento, Borges reforça a posição ativa que as agências devem ter para manter o sucesso de uma relação profissional: “Acompanhamos os planejamentos dos nossos clientes já olhando lá na frente essas necessidades. Então, vendo esse cenário e acompanhando essa estratégia, nós vamos preparando essa mão de obra que nós vamos precisar. Fazendo a captação de currículos, fazendo a captação da mão de obra.”

“E claro que para o candidato também tem vários detalhes que nós precisamos atender. Você está disposto a trabalhar com um contrato curto? Isso te interessa, isso faz parte do seu projeto profissional? […] Não podemos colocar pessoas lá [nas empresas] que não vão se interessar e daqui alguns dias estão saindo, pois o processo é custoso”, completa.

Você tem interesse em saber mais sobre como o trabalho temporário pode fazer a diferença na sua empresa? Conheça mais aqui. (https://solucoes.employer.com.br/contratacao-de-temporarios)

Sobre o autor

Employer

Employer

Uma das maiores empresas de RH do país, a Employer possui mais de 35 filiais posicionadas estretégicamente no Brasil. A empresa que tem origem em Curitiba/PR atende algumas das maiores companhias do Brasil e do mundo, que buscam soluções eficientes e de alta tecnologia para o setor, com o objetivo de simplificar a rotina do RH.

Saiba mais em: www.employer.com.br

Deixar comentário.

Share This
Atendimento por chat
Podemos ajuda?
Olá!
Quer conhecer mais sobre a Employer?